»

De quê memória estamos falando? (Suzana Vernalha)

A memória de uma empresa é o resgate de sua história, de sua trajetória de inovações e das soluções para os problemas encontrados ao longo de seu caminho. É também a coleta das lembranças de seus dirigentes, colaboradores e parceiros. Acima de tudo, é entender o que aconteceu no passado para melhor vislumbrar o futuro. É, portanto, essencial para que a empresa possa, adequadamente, traçar seus caminhos, baseados em sua identidade e seus valores que tem relação direta com sua história. O cineasta Luis Buñuel disse que “nossa memória é nossa consciência, nossa razão, nossa ação, nosso sentimento. Sem ela, somos nada”.

No Brasil, há pouca referência teórica sobre Memória Empresarial. A Associação Brasileira de Comunicação Empresarial – ABERJE – é uma entidade que se destaca na disseminação deste tema. Em 2004 lançou o livro Memória de Empresa, organizado pelo professor doutor Paulo Nassar – pesquisador da Escola de Comunicações e Artes da USP. Esta obra tornou-se uma importante referência para os estudiosos e profissionais da área. Além dos conceitos relativos ao assunto, Nassar descreve o que algumas empresas já fizeram nesse campo como é o caso da Petrobras, Belgo, BNDS, Pfizer, Ultragás e Eletrobrás.

Diz ele, na página 21 do livro: “A exacerbação dos dispositivos tecnológicos e uma certa padronização dos produtos e serviços, no ambiente competitivo, forçam as empresas a buscar diferenciais em um mercado cada dia mais igual. O conhecimento da história pode dar pistas, inspirar, apontar caminhos. A sua história traduz a identidade da organização para dentro e para fora dos muros que a cercam. É ela que constrói, a cada dia, a percepção que o consumidor e seus funcionários tem das marcas, dos produtos, dos serviços”.

O Núcleo de Memória Empresarial – KlaumonForma compactua com a linha de defesa do professor Paulo Nassar que considera o conhecimento da história de uma empresa um importante diferencial neste mundo tão competitivo.

This entry was posted on quarta-feira, maio 20th, 2009 at 19:01and is filed under Sem categoria. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!